Várias companhias aéreas cortaram voos internacionais para o Brasil devido à pandemia do coronavírus e às restrições de viagens impostas por diversos países. Porém, algumas empresas continuam operando ligações no mês de maio de cidades no exterior para São Paulo e Rio de Janeiro.

As poucas rotas internacionais ainda em atividade estão sendo usadas por brasileiros que estão no exterior para voltar ao Brasil. O Itamaraty informou em nota que está buscando todas as opções para repatriar os nacionais residentes no Brasil que encontraram problemas com seus voos de retorno ao país.

O ministério das Relações Exteriores informa ainda que, caso seja possível o retorno ao Brasil por voo comercial, “essa opção deve ser sempre considerada tendo em vista que outras opções de repatriação podem ser inviáveis ou demoradas em alguns lugares”.

“A opção de voos fretados está sendo considerada para regiões em que se verificou total interrupção do tráfego aéreo e outras possibilidades de repatriação não são viáveis”, diz a nota enviada à DW Brasil. “São voos pagos pelo governo brasileiro e que dependem de negociação específica com governos estrangeiros, não apenas na origem do voo, mas, em diversas ocasiões, com eventuais escalas.”

Veja abaixo a situação das principais empresas aéreas que operam no Brasil. A matéria será atualizada constantemente com mudanças que ocorrerem nas malhas das companhias:

Foto DW- Deutsche Welle

Se informe à respeito, mas fique em casa.  É melhor para todo mundo.

Deixe um comentário

*

*