Este hotel tem uma longa história de glória e também de decadência. É hoje um dos mais luxuosos e famosos hotéis na Alemanha e fica na Avenida Unter den Linden, em frente do Portão do Brandenburgo.

Aberto em 1907, foi a partir daí, um grande sucesso. Famílias nobres da cidade vendiam seus palácios de inverno em Berlim para morarem em suites do hotel. O Adlon se tornou um lugar para ver e ser visto. Além dos nobres se tornou, tmbém, num lugar de encontro de políticos, industriais, cientistas,… A lista de famosos que aqui se hospedaram é enorme e vai desde Thomas Alva Edison, Henry Ford, Czar da Russia, ate´ Charlie Chaplin, Marlene Dietrich, que foi descoberta aí.

Durante o nazismo o seu sucesso do hotel foi abalado, pois muitos turistas americanos, por exemplo, deixaram de frequentar Berlim. O casal Adlon assumiu a administração e procurou torná-lo um lugar de encontro de dirigentes da SS e de suas festividades, mas isto nao aconteceu, pois os nazis escolheram outro endereço na rua Wilhelmstraße. O hotel Adlon tinha uma atmosfera muito aberta para o mundo o que não combinava com as intensões do partido.

No final da segunda guerra ele foi tranformado em um tipo de hospital para feridos da guerra.Com o fima da guerra, parte do que restou voltou a ter uso como hotel, até o começo dos anos de 1980, Com a construcao do muro, parte das janelas foram muradas. Depois da reunificação ele foi reconstruído numa forma e aprência parecidas com as originais e foi reinaugurado em 1997.

É um hotel luxuoso, onde os representantes da maioria dos países do mundo que visitam Berlim se hospedam. As suas diárias, variam em função do tamanho do quarto, do luxo da decoração, da vista que oferece e também da época do ano. Para um casal, em meados de agosto, uma diária pode custar de 274,00 € até 390,00 €, sem café da manha, o qual custa 42,00 € por pessoa. Tem internet de graça.

Para os que nao pretendem se hospedar alí, uma pedida também é um café com bolo ou torta no seu café, com vista direta para o Portão do Brandenburgo.

Deixe um comentário

*

*