logo-transparente-pequeno

 

 

 

     Areas – Berlin Arquitetura e Paisagem Urbana

 

Semana de arquitetura e paisagem urbana em Berlim 2017

A Areas-Berlin, com a participação de professores da Techniche Universität Berlin e outros profissionais do campo da arquitetura e paisagem, atuantes na cidade, oferece mais um evento para arquitetos e estudantes de arquitetura no período de 9 – 13.07.2017. O Programa do evento tem caráter interdisciplinar e está estruturado em duas linhas principais de abordagem: aarquitetura e a paisagem urbana sob os aspectos histórico-cultural e da sutentabilidade.

 

PROGRAMA 

 

9.7 (domingo) – Introdução à cidade de Berlim

10:00– 18:00   A história de Berlim imprimiu-lhe marcas que a distingue de outras metrópoles europeias. Já foi capital nacional de cinco diferentes sistemas de governos, que buscaram promover programas de construção e urbanização bastante ambiciosos. Estas iniciativas fizeram com que a cidade tenha uma grande diversidade de propostas urbanísticas e arquitetônicas. Durante um passeio de aproximadamente 6 horas os participantes poderão conhecer a história da cidade desde o seu surgimento, passando pela Segunda Guerra Mundial, pelo período em que esteve dividida e separada pelo muro e por fim, a nova cidade de depois da reunificação das duas partes até os dias de hoje. Durante a atividade as e os participantes verão edifícios e espaços públicos de diferentes épocas, culturas e sociabilidades.

img_20150525_131153-600  berlin-2016-81

Visitas: Parque Tiergarten; projeto de urbanização das margens do rio Spree; Bairro do governo e seus edifícios; Portão do Brandenburgo e o projeto da cidade barroca; Unter den linden; arquitetura barroca e obras do Frederico o Grande; anexo do museu da história da Alemanha, projeto do arquiteto I. M. Pei; ilha dos museus com seus 5 museus e Catedral de Berlim (Berliner Dom), arquiteturas do período do ecletismo e do Historicismo; Alexanderplatz e os exemplares da arquitetura do realismo socialista da República Democrática da Alemanha; Karl Marx Allee; Bairro de Nicolau (Nikolai Viertel), onde a cidade nasceu; Bairro Judeu e Memorial ao Muro na Bernauerstr

d-h-mu-4-600.             

13:30 – 14:30  Pausa para o almoço

De bicicleta

10.7 (segunda feira) – Paisagem Urbana e Meio ambiente

 

9:30 – 11:30    Tour e palestra sobre o parque Gleisdreieck

O Parque Gleisdreieck é o mais novo parque na área central de Berlim. O seu projeto e construção foram temas da monografia do paisagista Falk Sattler, com o qual ele tem intenso contato profissional. O paisagista apresentará uma introdução à história recente da cidade que esclarece a razão do surgimento deste parque em uma área de alta densidade populacional, como uma forma de compensação, já que a construção da Potsdamer Platz ocupou e impermeabilizou uma grande superfície do solo vizinha ao parque. Ele discorrerá também sobre os aspectos de projeto e sobre o uso e desenvolvimento da área.

 img_20150525_134543  dsc_0699

Por meio dessa experiência serão discutidas questões de grande importância para planejadores de paisagem e arquitetos que vão desde as diretrizes do projeto, o desenho dos espaços, o desenvolvimento de vegetação no meio urbano, operações urbanas, etc. (em português)

Paisagista Falk Sattler

12:00 – 14:00  Pausa para o almoço

14:0Projeto integrado de armazenamento e reúso da água de chuva – Potsdamer Platz

O conjunto de edifícios comerciais, residenciais e culturais construídos pela Daimler Benz e Chrysler,, utilizou e impermeabilizou intensamente o solo e a água de chuva, que não mais poderia ser infiltrada no terreno, precisou ser trabalhada com diferentes métodos para ser retida, reutilizada e integrada à paisagem local. O projeto reuniu a construtora responsável pelas obras, o escritório de paisagismo responsável pelo projeto do espaço livre e a Universidade Técnica – TU. Esta apresentação aborda temas polêmicos como urbanização X alteração de microclima e clima geral.

dsc00380      dsc00374-600

Local – Potsdamer Platz

Engenheiro Marco Schmidt – Universidade Técnica de Berlim-TU

 

19:00  Quatro séculos de política ambiental de Berlim e de reabilitação urbana ecológica

Palestra sobre a evolução da ecologia e meio ambiente e a sua influência no desenvolvimento urbano de Berlim.

Local: Marchstr. 23, Universidade Técnica de Berlim – TU

kuchler-600

Prof. Johannes Küchler – Universidade Técnica de Berlim – TU

 

11.7 (terça-feira) – Bairros do leste de Berlim: alguns séculos de história e transformação

10:00 – 19:00   Passeio com visitas a locais que sofreram intervenções urbanísticas planejadas, obras arquitetônicas e paisagísticas em bairros do setor leste da cidade.

Durante este passeio visita-se o parque Gutspark Hans Britz (propriedade da família Britz); Hufeisensiedlung (conjunto habitacional dos anos de 1920 tombado pela UNESCO como patrimônio da humanidade); Rummelsburger Bucht (Península do rio Spree que após a reunificação sofreu transformação de uso – de industrial para residencial – e de descontaminação da água.); Crematório (projeto dos arquitetos Axel Schultes e Charlotte Frank); parque Treptow; Memorial Soviético; edifício do Alianz seguros (um caso incomum de negociação entre o poder público e o privado).

moleculeman-600

 

13:30 – 14:30 Pausa para piquenique num parque.

Prof. Johannes Küchler – Universidade Técnica de Berlim – TU

 

12.7 (quarta feira) – Conjuntos habitacionais e arquitetura sustentável

 9:30    Conjunto Fünf Morgen – um exemplo da certificação da Sociedade Alemã para a Construção Sustentável (DGNB)

 O conjunto habitacional Fünf Morgen, foi o primeiro projeto habitacional a receber o certificado da Sociedade Alemã de Construção Sustentável (DGNB). Trata-se de um projeto pioneiro que envolve moradias e espaços livres e de lazer. Um dos arquitetos que participaram da elaboração do projeto discorrerá in loco sobre o processo de projeto e o de certificação.O projeto Fünf Morgen Urban Village é um residencial de alto padrão e com aproximadamente 100 apartamentos, Penthouses e sobrados, em um terreno de 50 000 m². As unidades habitacionais estão implantadas ao redor de um lago artificial de 6.700 m². A finalização das obras ocorrem neste ano de 2016. Por meio da apresentação deste projeto os participantes poderão ter contato com o tema certificação de sustentabilidade da construção na Alemanha e conhecer a atuação da Sociedade Alemã de Construção Sustentável – DGNB.

Berlin, Fümf Morgen, Hüttenweg

(Ainda não está decidido quem vai apresentar.)

11:30 – 12:30    Visita ao conjunto habitacional Onkel Toms Hütte (Papageisiedlung)

O conjunto habitacional foi projetado pelos arquitetos Bruno Taut, Hugo Häring e Otto Rudolf Salvisberg e construído em 1926-1931, durante o período da Alemanha denominado República de Weimar, entre o final da primeira guerra mundial e a queda da monarquia e a tomada do poder pelo Nacional-Socialismo. Foi uma fase de intensa construção de habitações sociais e estas experiências são estudadas até hoje em nível mundial.  O conjunto contém 1100 apartamentos e 800 casas unifamiliares. A arquitetura é caracterizada pelo estilo “Neues Bauen”, que foi um movimento de arquitetura e de planejamento urbano na Alemanha no período de antes da Primeira Guerra Mundial até a época da República de Weimar (1910-1930) e tem como características principais a clareza e a simplicidade no projeto. O conjunto tem uma história muito rica em conteúdo social.

img_20150219_153427-600

13:00 – 14:00  Pausa para o almoço

14:00 – 15:00    Visita à biblioteca Filológica na Frei Universität Berlin

A Universidade Livre de Berlim foi projetada e construída a partir de 1963 e foi reformada na década de 2000 pelo escritório do arquiteto inglês Norman Foster. Além da reforma do complexo de edifícios, foi dada a ele também o projeto da biblioteca Filológica da mesma universidade que foi inaugurada em 2005. Esta é uma biblioteca acadêmica da FU-Berlin onde a coleção se concentra em filologia, em documentos sobre as línguas e literaturas estrangeiras.

img_20150219_142945-600 img_20150219_133717-600

O edifício da biblioteca foi desenvolvido com as ideias que o arquiteto seguia em meados dos anos setenta no projeto Climatroffice, com o seu principal desenvolvedor americano e ambientalista, Richard Buckminster Fuller, que priorizavam a utilização flexível por meio de espaços multifuncionais, a eficiência energética, maior espaço interior com menor superfície externa possível, paredes leves, uso de luz e ventilação naturais. Pela sua forma arredondada o edifício ganhou o apelido de “O Cérebro de Berlim” ou “The Berlin Brain“.

Arq. Maristela Pimentel Alves

 

13.7 (quinta feira) – Visitas guiadas

10:00 – 12:30    Reichstag, edifício do parlamento Alemão, projeto vencedor do arq. Norman Foster; Bairro do governo e edifícios parlamentares projeto urbanístico vencedor do arq. Axel Schulz und Charlote Frank; DZ Bank do arq. Frank O. Gehry; Conjunto Hansaviertel com edifícios de Walter Gropius, Alvar Aalto, Oscar Niemeyer e outros.

 ponte-cortada

14:00 – 16:00  Visita guiada ao edifício Unité d’Habitation – Corbusier Haus

O edifício projetado pelo arquiteto Le Corbusier, Unité d’Habitation tipo Berlim, foi o terceiro edifício desta categoria do arquiteto. Foi projetado e construído de 1956 a 1958 no contexto da INTERBAU – Exposição internacional da construção de 1957. A construção do edifício gerou enorme polêmica no seu tempo e reuniões infindáveis. Hoje está tombado pelo patrimônio histórico e habitado por muitos arquitetos, músicos, produtores de artes e artistas plásticos. Consta também a visita a um dos aprtamentos.

img_20150219_114131-600

16:30 – 17:00   Visita ao Estádio Olímpico

Como parte do complexo olímpico, o estádio foi construído para os jogos de verão de 1936 sob o domínio nazista. O arquiteto Werner March o projetou inspirado em umaarena romana. Ele foi palco de passagens importantes da história. Do alto da torre do sino, atrás do estádio, com altura de mais de 70 metros, é possível ter uma visão ampla de todo o complexo e de grande parte da cidade.

img_20160611_155638-600

 Maristela Pimentel Alves – Areas-Berlin

 

 14.7 (sexta feira) – Visita à Bauhaus na cidade de Dessau

 8:30 – 18:00    Dessau fica a 130 km de distância de Berlim e abrigou a escola da Bauhaus a partir de 1926. Foi projetada e dirigida por Walter Gropius como escola de artes, design e arquitetura.Visitaremos o edifício da escola da Bauhaus, as casas dos mestres, do diretor e os ateliers. A viagem será de trem e com 1:21 de duração. Os edifícios da Bauhaus ficam a 5 minutos a pé da estação.

 

img_20160606_141900-600

Historiadora de artes Maria Ricci.

.

Consta ainda uma visita guiada no Museu Judaico, projeto do arquiteto Daniel Libeskind. Esta atividade vai ser encaixada de acordo com a vontade do grupo, pois não demanda angendamento prévio.  Temos ainda a possiblidade de uma palestra na Câmara dos Arquitetos de Berlim, de uma visita a um escritório de arquitetura e de uma palestra no Senado do Meio Ambiente sobre o planejamento ecológico de Berlim. Os contatos estão sendo feitos e estas atividades poderão substituir as que não se confirmarem. Estas mudanças poderão ocorrer até janeiro de 2017.

Breve currículo dos palestrantes e da organizadora

 Areas-Berlin: Empresa fundada há 9 anos com o intuito de realizar tours específicos voltados às áreas de arquitetura e de urbanismo em Berlim e Potsdam, com visitas técnicas dirigidas aos mais diferentes campos profissionais. Sublinha-se a vasta experiência no atendimento a profissionais e estudantes do campo da arquitetura, engenharia, urbanismo e saneamento assim como tours históricos, em museus e galerias de artes.

 Maristela Pimentel Alves: mestre pela faculdade de Arquitetura e Urbanismo da USP, na área de paisagem; pós-graduação em Planejamento ambiental urbano industrial pela Universidade Técnica de Berlim – TU, graduada pela Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de Mogi das Cruzes. Realizou estágios em planejamento da paisagem na prefeitura de Munique e no Senado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano de Berlim. Larga experiência no setor público urbano e ambiental brasileiro e como docente em universidades do estado de São Paulo.

 Prof. Johannes Küchler: Professor Emérito do Instituto de Arquitetura da Paisagem e Planejamento Ambiental da Faculdade VI da TU-Universidade Técnica de Berlim. Estudou geografia histórica e geologia. Desde 1979 é professor na TU – Universidade Técnica de Berlim, na área de “Teoria e História do Desenvolvimento da Paisagem”, com concentração em planejamento da paisagem, planejamento do uso do solo, história da arte do jardim e patrimônio histórico. Desde os anos de 1960 tem contato intensivo em ensino e pesquisa com parceria no sudeste e leste da Ásia. Trabalho conjunto na TU Msc (Master of Science) em Gestão Urbana.

 Engenheiro Marco Schmidt: Formado em planejamento da paisagem pela Universidade Técnica de Berlim – TU-, desde 1992 é pesquisador da área de técnica dos edifícios e projetos (GtE), no campo temático da construção ecológica. Instituto para arquitetura da paisagem e planejamento ambiental – Grupo de trabalho Administração da água e técnica cultural – Faculdade VI, planejamento e construção ambiental – Universidade Técnica de Berlim – TU

 Falk Sattler: Formado em paisagismo pela escola Beuth Hochschule für Technik em Berlin e residente da cidade há 20 anos. Atualmente trabalha em projetos de remodelação de pátios escolares, como professor na área de manutenção de parques e realiza tours especiais na área de paisagismo.

 Pedro Moreira: Arquiteto formado na FAU-USP, Sao Paulo, em 1987 e na Technische Universität-TU-Berlin em 2003. Trabalhou em escritórios de arquitetura em São Paulo, Londres e Berlim. É sócio do escritório Nedelykov Moreira Arquitetos em Berlim e responsável por uma vasta lista de projetos de restauração, novas edificações e projetos urbanos. Palestrante sobre arquitetura, planejamento urbano e história da construção em revistas especializadas, simpósios. Correspondente das revistas brasileiras Oculum e do portal da internet, Vitruvius – Arquitextos. Palestrante convidado em escolas superiores na Alemanha, Suíça, Brasil, USA, Espanha e Etiópia. Medalha Europa Nostra 2008, Prêmio de Patrimônio Histórico da União Européia”, pelo Museu Liebermann-Villa em Berlin-Wannsee.

Preços e formas de pagamento:

 820,00 € para estudantes e associados do SASP – Sindicato dos Arquitetos do Estado de São Paulo.

 920,00 € para formados

Os interessados poderão solicitar mais informações pelo e-mail info@areas-berlin.de

Os valores acima incluem: palestras e visitas; passe individual para transporte público por uma semana; o aluguél de uma bicicleta por 4 dias; passe para o transporte público para a bicicleta; passagens de trem para Dessau, visitas e entradas nos edifícios da Bauhaus; Igressos no edifício Courbusierhaus; uso de aparelhos de comunicação durante os passeios de bicicleta; ônibus fretado para um dia de visitas; ingresso para o Museu Judaico (do arq. Daniel Libeskind).

Para obter mais informações sobre os eventos anteriores realizados pelo Areas-Berlin e também contatos com outros participantes pelo link http://www.areas-berlin.de/category/arquitetura/

 

 

 

 

Deixe um comentário