Conjuntos habitacionais modernistas tombados pela UNESCO como patrimônio da Humanidade

Estes conjuntos habitacionais, construídos entre 1913 e 1934 em Berlim, influenciaram a arquitetura, o urbanismo e a política governamental de habitação de todo o século 20. Dos inúmeros conjuntos implantados em Berlim no mesmo período, seis foram elevados a patrimônio cultural da humanidade pela Unesco em 2008 – “Berlin Modernist Housing Estates”.

A capital da Prússia chega ao século 20 trazendo de herança a problemática habitacional, a qual é evidenciada na revolução industrial pelas condições subumanas de vida do proletariado emergente. A insalubridade imperava nas formas de habitação encortiçadas, o ar poluído, a alimentação precária, as jornadas de trabalho exaustivas e as baixas remunerações resultavam em enorme descontentamento e revoltas das classes mais desfavorecidas.

A baixa produtividade, a morte prematura dos trabalhadores e o medo do avanço das ideias revolucionárias vindas da revolução russa levaram à soluções governamentais para “acalmar” as revoltas das camadas mais desfavorecidas da sociedade. A construção de moradias em massa foi uma das mais importantes delas.

Construir habitações salubres tinha como objetivo melhorar a saúde da população, prolongar a vida das pessoas e aumentar assim seu rendimento na produção industrial. “Luz, ar e sol para todos” era o slogan motivador da construção das novas moradias.

Nas formas de construir, a rapidez e economia através da fabricação de elementos padronizados e produzidos em série, assim como nas formas simples com fachadas coloridas e a concepção de espaços diferenciados contribuíam para a identidade da nova arquitetura social.

Os seis conjuntos habitacionais foram construídos em Berlim de acordo com estes princípios e o contexto histórico e social em que cada um surgiu, as técnicas utilizadas nas construções das moradias, as diferenças entre as tipologias construtivas adotadas em cada conjunto, são alguns dos aspectos que serão abordados durante as nossas visitas.

Esta atividade é dirigida à todas as pessoas que tenham interesse pelo tema arquitetura ou por conjuntos habitacionais, especificamente, assim como pela história de Berlim e da Alemanha, mas principalmente a arquitetas/os e estudantes de arquitetura.

Não é possivel visitar os seis conjuntos de uma vez só. É preciso combinar um roteiro com a Areas-Berlin. 

Os conjuntos são: 

 

Abrir chat
Olá, Areas Berlin agradece o contato!
Como podemos te ajudar?